Estádios de Itaqui (II)

Em agosto de 2019, postei algumas fotos que havia tirado dos dois principais estádios de Itaqui em 2007. Um tempo depois, encontrei algumas fotos e histórias bem interessantes do estádio do 24 de Maio. O Esporte Clube 24 de Maio é um clube relativamente jovem, fundado na data que lhe dá nome no ano de 1945. No início da década de 1950, foi iniciada a construção do estádio, que deveria homenagear o Coronel Euclides Aranha, patriarca da família mais influente do clube e pai de 12 filhos, incluindo o mais famoso deles, Oswaldo Euclides Aranha.

Para angariar fundos para a conclusão do estádio, em 1954, a família Aranha patrocinou uma ida do Grêmio Foot-Ball Porto-Alegrense a Itaqui. O Grêmio foi à cidade em voo fretado, que acabou saindo de Porto Alegre com três horas de atraso devido a um nevoeiro. O tricolor chegou à cidade pouco antes do início da partida e foi conduzido ao estádio do rival 14 de Julho (cedido para o evento) em grande cortejo de veículos. Apesar dos contratempos, o Grêmio trucidou o 24, aplicando uma goleada de 8 a 0. Nesse jogo, Nelson se tornou o primeiro goleiro a marcar pelo Grêmio. Após o jogo, na Associação Rural, foi servido um grande jantar, classificado pelo Diário de Notícias como um “churrasco monstro”. O amistoso, da parte do 24 e apesar da acachapante derrota, foi considerado um sucesso, mas, aparentemente, não o suficiente.

Em 19 de abril de 1956, a FRGF encaminhou ofício ao 24 rebaixando o clube à segunda categoria de amadores. A correspondência, assinada pelo superintendente Miguel Lardies, justifica o ato por o clube “após ter sido concedido o prazo de dez dias para apresentar provas de que sua praça de desportos achava-se em vias de conclusão, não ter, até o presente momento, dado uma satisfação ao que foi determinado”.

Fatos ainda mais interessantes são encontrados na resposta do Esporte Clube 24 de Maio, encaminhada à FRGF no 12 de maio subsequente. Em tom discretamente ofendido, o ofício encaminhado pelo presidente do clube, o senhor João Tito Cadermatori, dá justificativas para a situação do estádio. Quanto ao amistoso com o Grêmio, a nota afirma que “é claro que alguma coisa nos rendeu; mas tivemos, também, inúmeros gastos, pois era natural que homenageássemos condignamente um quadro de campeões”.

A nota afirma, ainda, que já tinham sido gastos quase 100 mil cruzeiros na construção do estádio (é reforçado que o orçamento mensal do clube era de 20 mil cruzeiros em mensalidades), estando prontos os alicerces de duas das quatro quadras e havendo material a disposição para as outras duas. A previsão de entrega do estádio pronto era de meados de junho de 1956, mas “no dia 2 de abril do corrente ano, pelas 11h30, um forte ciclone desabou sobre Itaqui, e, junto com ele, se foi o trabalho e o resultado de longos anos de lutas e sacrifícios”. As fotos que ilustram essa postagem foram anexadas pelo clube ao ofício encaminhado à FRGF, mostrando a total destruição do estádio.

Complementando a correspondência, o 24 ainda faz duras críticas ao rival: “Uma vez que Vossas Senhorias permitam que voltemos à primeira categoria, desejamos, neste ano, ficar de fora da disputa do campeonato da cidade, pois não desejamos nos igualar, no terreno desportivo, com um agrupamento de gente que constitui esse E. C. 14 de Julho, clube que tem como presidente um elemento atualmente respondendo a processo pela CBD; clube que, todos os anos, quando nos toca jogar em seu campo, nos exige 90% da renda e que os clubes das cidades vizinhas podem testemunhar o seu pouco espírito de desportividade, pois todos os anos, por ocasião do campeonato estadual, põe em forma a sua costumeira deslealdade.”

Em algum momento, o estádio do 24 teve sua nomenclatura alterada para Pedro Dornelles Sanchez. Não sei a razão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s