As camisetas do Guarany Futebol Clube, de Camaquã

Com ilustrações de Evaldo Júnior (www.erojkit.com)

A história oficial do clube diz que o nome Guarany foi inspirado no homônimo bageense, com o qual os garotos de Camaquã teriam se encantado quando prestavam serviço militar obrigatório na Rainha da Fronteira. Curiosamente, não há explicação do motivo do clube camaquense ser azul. Além disso, coincidentemente, o clube teria sido fundado em 16 de junho de 1946 num cinema de nome Guarany. Desse modo, parece bem questionável a origem da inspiração do nome do novo clube. De qualquer forma, assim como muitos times de futebol ao redor do mundo, o Guarany surgiu do descontentamento de aspirantes a atleta que tinham sobrado do clube dominante de então, no caso o Clube Atlético Camaquense. Ao longo de quase toda a sua história, o Guarany foi um clube amador. Durante esse período, o momento mais importante de sua história foi a conquista da primeira Copa Pedro Sirângelo, em 1972.

Em 2010, o Guarany foi profissionalizado. Em seu primeiro ano, foi relativamente bem sucedido, chegando à segunda fase na Segunda Divisão e às quartas-de-final da Copa Ênio Costamilan, da qual foi eliminado com duas derrotas para o Internacional. Em sua temporada de estreia, o Guarany jogou com camisetas fabricadas pela Imprymex no primeiro semestre, que foram substituídas pela Squema Sports para a Copa.

No ano seguinte, usando material esportivo da Mega Sport, o Guarany perdeu a chance de classificação para a terceira fase da Segunda Divisão ao ser derrotado, em casa, na última rodada para o já eliminado Farroupilha. No segundo semestre, fez péssima campanha na Copa Laci Ughini.

Na temporada de 2012, o Guarany viveu seu melhor momento como profissional. Na Divisão de Acesso, fez uma excelente campanha na primeira fase, com a quarta melhor campanha geral. Com um pouco de sofrimento, passou também pela segunda fase. No quadrangular final, chegou à última rodada com chances de chegar à elite do futebol gaúcho. A classificação era a seguinte:

Captura de Tela 2019-09-21 às 10.26.16

Na última rodada, se enfrentavam Esportivo (já classificado) e Passo Fundo, em Bento Gonçalves; enquanto o Guarany ia a Frederico Westphalen enfrentar o União, ambos com chance de classificação. O time camaquense cumpriu seu papel, derrotando o União por 2 a 1. No entanto, foi superado no saldo de gols pelo Passo Fundo, que venceu um desinteressado Esportivo por 1 a 0.

Captura de Tela 2019-09-21 às 10.31.01

Na Copa Hélio Dourado, no segundo semestre, foi eliminado pelo 14 de Julho, nas oitavas-de-final, sofrendo uma goleada de 5 a 1. Em 2012, o Guarany começou a usar material esportivo da marca Fila. Chama a atenção que os distintivos das camisetas titular e reserva são completamente diferentes entre eles e também em relação às camisetas anteriores.

A temporada que se seguiu ao quase acesso foi diametralmente oposta. Em 14 partidas da Divisão de Acesso, o Guarany somou apenas seis pontos e uma vitória, sendo rebaixado para a Segundona. As camisetas continuavam sendo Fila. Ao término do campeonato, o Guarany se licenciou.

Em 2017, o Guarany tenta um retorno disputando a Segundona. Mais uma vez, faz uma péssima campanha, a pior geral, com nove pontos e duas vitórias em 14 jogos. Mais uma vez, o clube se licencia após a competição. O material esportivo utilizado foi Umbro e as camisetas lembram material de passeio da marca e não de jogo. Curiosamente, outra vez os distintivos são diferentes entre as duas camisetas. Aparentemente, o clube não descarta um retorno ao futebol profissional em breve.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s