As camisetas do Sport Club Ulbra, de Canoas

Com ilustrações de Evaldo Junior (erojkit.com).

Completando a saga da equipe que disputou a primeira divisão do Gauchão usando três nomenclaturas diferentes, publicamos, hoje, a história das camisetas de Sport Club Ulbra e Universidade Sport Club. As camisetas do Canoas Sport Club já foram publicadas anteriormente.

O departamento de esportes da Universidade Luterana do Brasil foi criado em 26 de janeiro de 1998 e foi muito bem sucedido em diversas modalidades. No futsal, por exemplo, a Ulbra chegou a ser campeã mundial de clubes em 1999. A equipe de vôlei masculina foi tricampeã nacional. No basquete, no handebol, no judô, no halterofilismo, no atletismo e na ginástica, as equipes de Canoas chegaram a conquistar títulos de nível nacional, além de exercerem amplo domínio no RS durante o seu tempo. Tudo isso foi favorecido por pesado investimento financeiro, que envolveu a construção de um ótimo Complexo Esportivo, incluindo um estádio para cinco mil pessoas.

Em 2002, o futebol também foi profissionalizado e, logo, tornou-se muito bem sucedido. Já em seu primeiro ano, disputando a Terceirona, a equipe sobrou no campeonato (embora as finais, contra o RS, tenham sido bem apertadas) e conquistou o acesso e o título. No mesmo ano, numa época em que raramente um clube gaúcho aceitava jogar a Série C nacional, a Ulbra acabou sendo agraciada com a vaga e realizou surpreendente campanha. Passou por um quadrangular com São Gabriel, Brasil de Pelotas e Tubarão e depois eliminou União Bandeirante e Iraty. Apenas nas quartas-de-final acabou sendo eliminado pelo Marília, ficando na quinta colocação geral, entre 64 equipes. A Ulbra disputaria, ainda, outras vezes a Série C, mas nunca mais com o  mesmo sucesso. Desde sua primeira temporada, o futebol profissional da Ulbra desenvolveu longa parceria com o fornecedor de material esportivo (Umbro, que seria trocado em apenas uma temporada) e com o patrocinador master (Aspecir, que nunca – ou quase nunca – mudou).

2002 Branca

Enquanto a camiseta branca de 2002 teve algumas variações, chegando a ser um modelo “híbrido” entre ela e a de 2003 (era o modelo de 2003, com patrocínio e número iguais ao de 2002), a vermelha foi exatamente igual nas duas primeiras temporadas. Na temporada de 2003, além das modificações no padrão geral, as camisetas não tinham número e o Aspecir tinha os cantos das letras arredondados. Completando sua ascenção meteórica, a Ulbra venceu, mais uma vez com folga, a Divisão de Acesso, tendo direito a ingressar na elite do futebol gaúcho.

Logo no Gauchão de 2004, a Ulbra fez a melhor campanha de sua história. Depois de ser campeão da primeira fase do campeonato, que tinha 26 jogos por equipe e não contava com as duplas Grenal e Caju, o time de Canoas enfrentou o Grêmio na semifinal, em jogo único no Complexo da Universidade. Treinado por Adilson Batista, o péssimo time do Grêmio foi trucidado pela Ulbra, que venceu por 3 a 1 ao natural. A final foi contra o Internacional, que havia eliminado, não sem muita polêmica, o Glória nos pênaltis. Contra o Inter, a Ulbra saiu vencendo o jogo com gol de Alex Martins, mas Edinho e Nilmar viraram para o time da capital, deixando os canoenses como vice-campeões.

Por volta de 2004, o logotipo do Sport Club Ulbra foi modernizado.

Entre 2004 e 2006, a Ulbra utilizou camisetas muito semelhantes, com algumas variações. Não raro, a equipe pode ser vista utilizando numeração na parte da frente da camiseta, abaixo do patrocinador (que agora inclui a palavra “Previdência” junto ao Aspecir). Uma alteração importante dessa fase é uma atualização do logotipo. Em 2005, as camisetas ganham o patrocínio do Hipermercado Big (patrocinador oficial da FGF) na manga esquerda. As temporadas de 2005 e 2006 não foram boas para a Ulbra, mesmo no nível estadual, figurando em posições intermediárias na tabela. Apesar disso, foi duas vezes consecutivas vice-campeã da Copa FGF, perdendo para Novo Hamburgo e Grêmio, respectivamente.

Para 2007, a Umbro lança modelos bem diferentes dos anteriores, sendo dos mais bonitos que a equipe utilizou em sua curta existência. Além das modificações no padrão das camisetas, a manga esquerda passa a apresentar o patrocínio da Global Farmácias. O time volta a ser protagonista, ficando em quinto no Gauchão (após ser eliminado pelo Caxias nos pênaltis) e décimo primeiro no Brasileiro da Série C (eliminado no saldo de gols para o futuro campeão Bragantino).

Em 2008, pela única vez em sua história, a Ulbra não usa Umbro. As camisetas da temporada foram produzidas pela Squema Sports, de Três de Maio, que, nessa época, dominou o mercado dos “times sem fornecedor oficial”. No Gauchão, a equipe foi eliminada nas quartas-de-final pelo Internacional. A temporada de 2008 foi a primeira em que foram utilizados os patches do Gauchão que, no caso da Ulbra, foram colocados na manga direita. No segundo semestre, pela única vez, a Aspecir sai da parte da frente das camisetas, dando lugar ao patrocínio da Multisom. Um detalhe interessante das camisetas do segundo semestre é que elas, eventualmente, tinham as cores das listras em formato de onda invertidas.

Em 2009, voltam os uniformes da Umbro utilizados em 2007, com discretas modificações, como, por exemplo, a colocação do patch do Gauchão na manga direita. A Ulbra enfrentava grave crise financeiro-administrativa nessa época, que culminaria com o fechamento de todas as modalidades profissionais da Universidade ao final da temporada. Então, acredito que essas camisetas tenham sido apenas reaproveitadas, sem contrato oficial com a Umbro. No Gauchão, que era disputado em dois turnos, a equipe foi eliminada duas vezes pelo Internacional, terminando a competição em sexto lugar. Algumas vezes, aparecem camisetas dessa temporada com numeração na parte da frente da camiseta.

2009 SC Ulbra (branco)Em foto de 2009, chama a atenção que uma das camisetas (a número 4) tem numeração na parte da frente.

Com o anúncio da Ulbra, durante o ano de 2009, de encerrar o apoio ao esporte profissional, cogitou-se a não participação da equipe no Gauchão 2010. No final do ano, no entanto, o antigo departamento de esportes passa a existir como um clube independente, sob o comando do ex-atleta do voleibol, Gilson Alves Bernardo. A equipe troca de nome para Universidade Sport Club e, mais tarde, em 2011, para Canoas Sport Club.

Um comentário sobre “As camisetas do Sport Club Ulbra, de Canoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s